Publicidade

O atacante Marinho, até então um dos nomes mais badalados do Santos, acertou sua transferência para o Flamengo nesta última quinta-feira. O ponta nem havia sido inscrito no Campeonato Paulista.

Sua ida para o Flamengo lembra o caso de Bruno Henrique. O jogador, hoje um dos atacantes mais renomados do país, jogou no Santos de 2017 até o início de 2019.

Publicidade

Na época, Bruno estava nos planos do técnico Jorge Sampaoli mas acabou negociado por R$ 23 milhões somado ao empréstimo do volante Ronaldo para o Santos por um ano.

De lá para cá, o resto é história. Bruno forma uma dupla de ataque histórica com Gabigol, tendo conquistado dois Campeonatos Brasileiros, uma Copa Libertadores, uma Recopa Sul-Americana, duas Supercopas do Brasil e três Campeonatos Cariocas. Ao todo, são 163 jogos e 76 gols marcados pelo Rubro-Negro.

No caso de Marinho, o Santos lucrará cerca de R$ 8 milhões. O valor é menor em relação à venda de Bruno Henrique por dois fatores: seu contrato com o Santos se encerra no final do ano e sua idade é mais elevada em relação à que BH tinha em 2019. O ponta-direita completará 32 anos em maio.

Marinho já havia demonstrado seu interesse em se transferir, especialmente para os Emirados Árabes. Como não chegou nenhuma proposta concreta, o Flamengo se tornou um caminho viável.

Retirado de: UOL

Publicidade