Veja feitos e estatísticas de Gabigol desde que chegou ao Flamengo
Veja feitos e estatísticas de Gabigol desde que chegou ao Flamengo
Publicidade

Gabigol, do Flamengo, surpreso – Foto: Alexandre Vidal

GLOBO ESPORTE: Por Fred Huber

Publicidade

Que Zico é o Rei do Flamengo, poucos duvidam. Agora, o clube tem também seu Príncipe, Gabigol. Depois de mais um título, o sétimo em 11 disputados, o atacante escreveu mais um capítulo importante na história do clube e ratificou sua posição de um dos maiores ídolos rubro-negros.

Com sua personalidade forte, irreverência e muitos gols, Gabigol é a cara do Flamengo. Ele conquistou a torcida e também o respeito e admiração de outros gigantes da história, como Zico e Júnior. Os números e marcas alcançadas pelo camisa 9 em apenas duas temporadas comprovam sua importância. Com contrato até o fim de 2014, tem muitos recordes pela frente ainda.

“Gabigol facts”: – Pelo Flamengo, Gabigol terminou artilheiro do: Brasileiro 2019 (25 gols), Libertadores 2019 (9 gols) e Carioca 2020 (8 gols); – Em duas temporadas pelo Flamengo, Gabigol disputou 11 campeonatos e ganhou 7; – Em 2019, ele foi o artilheiro do Brasileiro com 25 gols e se tornou o jogador do Flamengo a fazer mais gols em uma edição da competição. Superou Zico, que marcou 21 em 1980 e 1982; – Recordista de gols em uma edição do Brasileiro no formato de pontos corridos com 20 clubes – 25 gols em 2019; – Em 102 jogos pelo Flamengo (96 de titular e seis como reserva), Gabigol marcou 70 gols e deu 23 assistências; – Os 70 gols que marcou deixam Gabigol em segundo lugar na lista dos artilheiros do Flamengo neste século, atrás apenas de Renato Abreu, que marcou 73 vezes em 271 jogos; – Ao todo, o camisa 9 ficou em campo por 8.813 minutos; – Participação direta em 33,7% dos gols do Flamengo nestas duas temporadas; – Um gol a cada 126 minutos em campo; – Uma participação direta em gol (gol ou assistência) a cada 94 minutos em campo; – Nos 102 jogos, o atacante levou 29 cartões amarelos e 5 vermelhos; – Dos 70 gols, 60 foram com pé esquerdo, quatro de cabeça e seis com o pé direito; – Dos 70 gols, 56 foram com bola rolando, e 14 foram em cobranças de pênaltis; – Gabigol marcou 25 dos 70 gols no primeiro tempo. Na segunda etapa, 45, inclusive os dois mais importantes, contra o River; – O Palmeiras foi o clube que mais levou gols de Gabigol em sua carreira: 10.

Números de Gabigol por temporada: 2019 – 59 jogos (56 titular / 3 reserva) – 5.320 minutos em campo – 43 gols / 11 assistências – Participação direta em 36% dos gols na temporada – Um gol a cada 123 minutos em campo – Uma participação direta em gol (gol ou assistência) a cada 98 minutos em campo – 21 cartões amarelos / 3 vermelhos

2020 – 43 jogos (40 titular / 3 reserva) – 3.492 minutos em campo – 27 gols / 12 assistências – Participação direta em 30% dos gols na temporada – Um gol a cada 129 minutos em campo – Uma participação direta em gol (gol ou assistência) a cada 89 minutos em campo – 8 cartões amarelos / 2 vermelhos

Em 39 dos 79 gols Gabigol recebeu assistência. Os garçons: – Bruno Henrique – 11 – Arrascaeta – 11 – Renê – 5 – Everton Ribeiro – 3 – Gerson – 3 – Diego – 2 – Michael – 2 – Berrío – 1 – Matheuzinho – 1 – Pedro – 1 – Reinier – 1

Quem já recebeu as assistências de Gabriel: – Bruno Henrique – 9 – Arrascaeta – 4 – Michael – 3 – Everton Ribeiro – 2 – Reinier – 2 – Filipe Luís – 1 – Pedro – 1 – Pedro Rocha – 1

Publicidade