Trio da Base do Flamengo no Carioca somam multa de R$ 1,5 bilhão
Trio da Base do Flamengo no Carioca somam multa de R$ 1,5 bilhão
Publicidade

Lázaro e Gabriel Barros no Flamengo – Foto: Marcelo Cortes

ESPN: Campeão do Brasileirão na última semana, o Flamengo volta a jogar, desta vez pelo Campeonato Carioca. O adversário da estreia será o Nova Iguaçu, nesta terça-feira, às 21h35. E a equipe rubro-negra vai com uma equipe formada por garotos.

Publicidade

Com os titulares de férias, o treinador Mauricio Souza comandará os atletas que já está acostumado no time sub-20. E o ESPN.com.br destaca os principais nomes relacionados para a estreia com um trio que tem, somando as multas rescisórias, uma proteção de R$ 1,5 bilhão.

Na lista divulgada pelo clube carioca, nomes conhecidos do torcedor. Gabriel Batista, Matheuzinho, Natan, Noga, Ramon, João Gomes e Rodrigo Muniz.

Todos os citados acima jogaram e foram relacionados com frequência por Rogério Ceni na última temporada. Ainda assim, outros nomes badalados na base merecem atenção.

Lázaro é quem a diretoria deposita mais esperanças. Figurinha carimbada nas seleções de base, ele fez em 2019 o gol do título mundial da categoria com a amarelinha. No Flamengo, ele fez quatro jogos pelo profissional, não marcou, mas é tratado com muito carinho pela comissão técnica. O atacante tem 18 anos e completa 19 no dia 12 de março. Lázaro tem contrato até 2025 e está protegido por uma multa de 80 milhões de euros, algo em torno de R$ 546 milhões. É a grande esperança da nova geração no Ninho.

Outro nome de destaque é o meio-campista Daniel Cabral. Ele estava à frente de João Gomes em um determinado momento com Domènec Torrent, mas viu o companheiro ganhar a confiança de Rogério Ceni e ser o primeiro da fila em caso de algum desfalque no elenco profissional. Ainda assim, Daniel Cabral é tratado com muito carinho no Flamengo. Ele vivia um imbróglio de renovação até outubro do ano passado, mas chegou a um acordo com a direção. O novo vínculo vai até 2025, com Daniel protegido por uma multa de 100 milhões de euros, cerca de R$ 683 milhões, segundo o site Coluna do Flamengo.

Para finalizar a lista dos atletas badalados já na base, o ESPN.com.br traz Yuri de Oliveira. O meia já treinou com os profissionais e se espelha no capitão Diego. Protegido por uma multa de 45 milhões de euros, aproximadamente R$ 307 milhões, ele tem contrato até 2022. Aos 20 anos, tem em 2021 como o ano para se firmar e estender o vínculo com os cariocas. Ele entrou em campo uma vez, que foi contra o Palmeiras, no jogo em que o Flamengo sofria com um surto de COVID-19 e utilizou diversos garotos.

Publicidade