Tragédia! Torcedor do Goiás morre após tomar tiro por ameaça a rubro negros
Tragédia! Torcedor do Goiás morre após tomar tiro por ameaça a rubro negros

Após o empate entre Flamengo e Goiás, no Serra Dourada, Helenio Rodrigues Cardoso Filho, torcedor do Esmeraldino, se envolveu em uma confusão na saída do estádio e foi baleado. Durante a madruga desta sexta-feira, o homem de apenas 30 anos não resistiu aos ferimentos e morreu.

Segundo a versão da Polícia Militar, testemunhas confirmaram que Helenio estava com um grupo de torcedores quando abordou três flamenguistas no estacionamento do Serra Dourada. O jovem ordenou que os rubro-negros tirassem as camisetas do time.

No entanto, eles se recusaram a seguir a exigência imposta pelo rapaz e, em seguida, um dos abordados sacou uma arma de fogo e anunciou ser policial. O grupo da torcida do Goiás ignorou o aviso e tentou agredi-los. Diante disso, o oficial efetuou um disparo que atingiu a barriga de Helenio.

Em estado grave, o torcedor do Goiás foi encaminhado para o o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas acabou morrendo em cirurgia.

O flamenguista, por sua vez, aguardou a chegada da PM para se identificar como agente da polícia civil e se apresentou na Central de Flagrantes, onde teve sua arma apreendida. A apuração do caso será feita pela Delegacia de Investigação de Homicídios.