“Só saio do Flamengo se for expulso”, diz Gustavo de Conti
“Só saio do Flamengo se for expulso”, diz Gustavo de Conti
Publicidade

COLUNA DO FLA: Na última quinta-feira (28), o FlaBasquete venceu o São Paulo por 93 a 85, no Maracanãzinho, e conquistou o sétimo título do NBB (Novo Basquete Brasil). Em momento de euforia após o triunfo, o técnico rubro-negro, Gustavo de Conti, festejou o triunfo e celebrou ano histórico para o Rubro-Negro. Além disso, o treinador já projetou a próxima temporada e confessou fidelidade ao Clube da Gávea, confirmando sua permanência no cargo.

-Muito feliz, com uma sensação de retribuição pela confiança dos jogadores, da diretoria, da torcida, não só em mim, mas em todos que fazem parte do trabalho de alguma forma. Então a sensação de retribuir com títulos e alegria nesse momento difícil que estamos vivendo é uma satisfação enorme. Muito feliz por mais um título, o sétimo do Flamengo. E, agora, já estamos pensando em buscar o intercontinental no ano que vem.

Publicidade

– É claro que eu fico. Só se o Flamengo me expulsar, que eu saio. É um sonho poder conquistar o intercontinental no ano que vem, poder montar um time forte novamente, poder manter todo mundo, se possível, e com o mesmo time disputar o mundial. É um sonho para mim, e repito o que eu falo sempre: só saio do Flamengo no dia que me tirarem.

O título do NBB corou temporada histórica do basquete do Flamengo. Ao todo, o Orgulho da Nação conquistou todos os quatro títulos possíveis (Carioca, Super 8, Champions League e NBB). Além disso, o time rubro-negro manteve invencibilidade de 34 partidas, sem perder um jogo sequer no ano de 2021.

Publicidade