Record coloca o Flamengo para competir com BBB
Record coloca o Flamengo para competir com BBB
Publicidade

Gabigol, Pedro, Bruno Henrique e Arrascaeta no Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

UOL: Gabriel Vaquer

Publicidade

O Flamengo marcará a estreia do Campeonato Carioca 2021 na Record. Em reunião arbitral com clubes e a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) nesta terça (23), a emissora teve confirmada a transmissão do jogo do Rubro-Negro carioca contra o Nova Iguaçu, no próximo dia 2 de março, às 21h30. A partida irá disputar audiência contra o paredão do “Big Brother Brasil 21”, na Globo.

A informação da programação do jogo foi publicada inicialmente pelo jornal O Dia e confirmada pelo blog. Na última segunda (22), a coluna antecipou que a Record decidiu priorizar as noites de terça (21h30) e sábado (21h) para exibir o Estadual do Rio. O objetivo é atrair mais anunciantes com a exposição no horário nobre. O projeto inicial apresentado pela Record previa jogos aos sábados à tarde.

A concorrência com o “BBB21” é delicada pelos números de audiência alcançados pelo programa. Nas terças em São Paulo, o programa tem média de 30 pontos no Ibope (cerca de 6,4 milhões de telespectadores na principal região metropolitana do país). A repercussão do reality também impressiona: é a atração televisiva mais comentada na história do Twitter. Para ter a maior exposição possível, anunciantes e o departamento comercial da Record chegaram à conclusão de que exibir os jogos no horário noturno é o mais adequado.

Outro ponto é que os clubes, representados pela agência Sportsview, que pertence ao ex-executivo da Globo Marcelo Campos Pinto, queriam jogos em horário nobre por acreditarem justamente na maior exposição. Curiosamente, terça às 21h30 é o mesmo horário escolhido pelo SBT para a exibição de jogos da Libertadores da América desde o mata-mata da temporada 2020.

Já o horário dos sábados às 21h é histórico na Record. Em 2003, a emissora exibia os jogos da Série B com Palmeiras e Botafogo nessa faixa, narrados por Luciano do Valle, e conseguia ganhar da Globo em alguns momentos. A narração do jogo de estreia do Carioca deverá ser de Lucas Pereira, ex-Globo que está na Record desde 2012. Os comentários serão de Ricardo Rocha, contratado ontem (22) pela emissora.

Neste ano, a Record pagará R$ 11 milhões de cota aos clubes. Em 2022, o valor sobe para R$ 15 milhões. Mylena Ciribelli, contratada desde 2009, será o principal rosto do Carioca na Record. A jornalista de 53 anos gravou chamadas para apresentar a novidade ao telespectador da emissora, apresentará atrações pré-jogo e comandará os intervalos das partidas exibidas. Além disso, seguirá à frente de quadros esportivos em noticiários.

Publicidade