Rafinha revela mágoa de Filipe Luís por sua saída do Flamengo: “Mandava mensagem e ele só visualizava”
Rafinha revela mágoa de Filipe Luís por sua saída do Flamengo: “Mandava mensagem e ele só visualizava”
Publicidade

COLUNA DO FLA: Algumas decisões na vida são difíceis de tomar, e Rafinha, atualmente no São Paulo, se viu nessa situação em agosto de 2020. Após ganhar Libertadores da América e Brasileirão em 2019, além do Carioca do ano seguinte, o jogador decidiu sair do Flamengo e ir para o Olympiakos, da Grécia, deixando Filipe Luís e outros amigos insatisfeitos.

— Não foi tranquila (a saída). Nunca foi e nunca vai ser. É sinistro falar uma coisa dessa. Eu joguei um ano no Flamengo aqui, parece que eu joguei 50. Foi tão intenso aquele ano, de tanta conquista, de tanta vitória, um ano especial. Do meu lado pessoal também. Da minha família poder me ver jogar no Maracanã toda semana já sabendo que a gente ia ganhar todos os jogos. No meu lado pessoal e profissional, o que eu pensava? ‘Vou seguir minha vida, joguei um ano aqui e ganhei tudo’. Mas para a torcida, isso foi um golpe muito forte -, disse Rafinha, em entrevista ao Flow Sport Club. O lateral ainda prosseguiu:

Publicidade

— Parceiro meu, da minha cidade, os caras ficaram dois, três meses sem falar comigo. O Filipe Luís deu entrevista aí recente, falou que ficou zangado comigo. Eu mandei mensagem para ele, falei ‘ô magrelo, você tá de brincadeira, hein?’. Por isso que ele não falava comigo. Eu fui pra Grécia, ele não falava comigo. Eu mandava mensagem, ele visualizava e não respondia. Agora que eu fui descobrir que ele falou que não ia me perdoar nunca. Se o Filipe, que é meu parceiro, jogou comigo desde 2003, sub-17, sub-20, ficou zangado comigo, imagina o torcedor -, finalizou

Rafinha alegou que saiu do Flamengo, pois receberia quatro vezes mais na Grécia. Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo da pasta, fizeram de tudo para mantê-lo no Rubro-Negro. Porém, o lateral direito foi irredutível, bateu o pé e optou por se despedir do time carioca.

Cerca de cinco meses depois, em fevereiro de 2021, Rafinha rescindiu contrato com o Olympiacos e queria voltar ao Flamengo. Contudo, alguns dirigentes foram contrários ao retorno do lateral, pela maneira como saiu do Rubro-Negro. Dessa forma, o atleta foi para o Grêmio, onde não teve bom desempenho, sendo rebaixado à Série B do Brasileirão com o clube gaúcho.

Atualmente, Rafinha está no São Paulo, time de infância do jogador. No Flamengo, o lateral direito disputou 46 partidas, não foi às redes, mas deu seis assistências. O atleta ganhou cinco títulos no Fla: Campeonato Carioca (2020), Libertadores da América (2019), Recopa Sul-Americana (2020), Campeonato Brasileiro (2019) e Supercopa do Brasil (2020).

Publicidade