“Quando o Rogério Ceni tirou o João Gomes, o Flamengo se perdeu completamente”, diz Paulo Nunes
“Quando o Rogério Ceni tirou o João Gomes, o Flamengo se perdeu completamente”, diz Paulo Nunes
Publicidade

DIÁRIO DO FLA: O Flamengo venceu o Cuiabá nesta quinta-feira por 2 a 0 pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Após bom primeiro tempo do Rubro-Negro, o Cuiabá cresceu na etapa final e assustou. Pedro e Thiago Maia marcaram os gols do Mais Querido. Matheuzinho e Rodrigo Muniz, respectivamente, deram as assistências. No programa ‘Troca de Passes’, do ‘SporTV’, o comentarista Paulo Nunes falou sobre o jogo e a saída de João Gomes.

“Quando o Rogério Ceni tira o João Gomes, o Flamengo se perde por completo. Não tinha saída de bola, perdeu a construção de jogo, não tinha uma válvula de escape. Hugo Moura entrou mal, errando muitos passes, não conseguia fazer essa transição entre a defesa e o ataque. Aí o Cuiabá cresceu, foi pra cima, não teve grandes chances, mas teve o controle do segundo tempo. Foram dois tempos completamente diferentes”, disse o ex-jogador.

Publicidade

Com a vitória, o Rubro-Negro subiu da 13ª para a 6ª posição do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos. O time de Rogério Ceni ainda tem duas partidas adiadas, contra Grêmio e Athletico Paranaense. Ambas foram canceladas por conta das convocações dos atletas do Flamengo para a Copa América. Na época, o Mais Querido também havia perdido Pedro e Gerson para a Seleção Olímpica.

Arrascaeta (Uruguai), Mauricio Isla (Chile), Piris da Mota (Paraguai) e a dupla Éverton Ribeiro e Gabigol (Seleção Brasileira) defendem suas respectivas seleções na Copa América, que só se encerra no dia 11 de julho. Contudo, com as quartas do torneio nesta sexta e sábado, alguns atletas podem retornar mais cedo ao Fla. Na próxima rodada, o Flamengo encara o Fluminense, na Neo Química Arena, às 16h.

Publicidade