Presidente diz que Jorge Jesus só deixará Benfica se quiser
Presidente diz que Jorge Jesus só deixará Benfica se quiser
Publicidade

Foto: Divulgação

TORCEDORES: Por Bruno Romão

Publicidade

Apesar dos altos investimentos para a atual temporada, o Benfica não vem correspondendo em campo. Sendo assim, após a eliminação na fase preliminar da Champions, além da campanha irregular no Campeonato Português, Jorge Jesus começou a ser questionado no clube. Porém, segundo o jornal “Record”, o treinador não corre risco de demissão.

Dessa forma, o diário garante que Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, respalda totalmente o ‘Mister’. Portanto, existe uma total confiança em seu trabalho, e que os resultados vão aparecer dentro de campo. Diante disso, uma saída antes do término do contrato, em junho de 2022, só vai ocorrer mediante um pedido do próprio técnico.

Apesar dos altos vencimentos do ex-comandante do Flamengo, que giram em torno de 3 milhões de euros (R$ 19.5 milhões) anuais, não existe nenhuma intenção de mudança por parte da diretoria. Isso porque Luís Felipe Vieira acredita no projeto que foi apresentado para Jorge Jesus ainda em 2020, motivo pelo qual o treinador deixou o Brasil.

Recentemente, foi especulado uma possível volta de Jesus ao futebol brasileiro. Agora, resta saber se existe uma vontade do técnico em deixar o Benfica antes do objetivo traçado no acordo entre as partes ser concretizado.

Publicidade