Paulo Sousa assume erro por desentendimento com Diego Alves: “Falta de comunicação com meu fisioterapeuta”
Paulo Sousa assume erro por desentendimento com Diego Alves: “Falta de comunicação com meu fisioterapeuta”
Publicidade

COLUNA DO FLA: Neste sábado (21), o Flamengo venceu a equipe do Goiás por 1 a 0, no Maracanã, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Após o triunfo, o técnico Paulo Sousa esclareceu sobre o atrito com o goleiro Diego Alves, ao longo desta semana.

“Nunca o Diego se colocou a disposição e nem o Bruno (Spindel) colocou isso. Foi uma falta de comunicação minha com meu fisioterapeuta, minha com o Bruno. Da minha parte e da parte de todos, nós estamos muito centrados em ganhar. Fizemos testes musculares e vimos que demos um passo a mais. Hoje ainda está no Departamento Médico para não dar passos para trás. Há processos a serem feitos. Foi uma pergunta clara que eu tive uma falta de comunicação interna e com o Bruno. Como sou direto, falei. Mas deveria ter falado com o Bruno e com o Diego Alves para não dizer isso. Estou aqui para admitir que nenhum deles tinha dito. Para mim, o Flamengo é mais importante que qualquer um de nós. Qualquer jogador treinando, ele será relacionado.”, afirmou.

Publicidade

O atrito ocorreu na última terça-feira (17), após vitória contra a Universidad Católica (CHI), pela Libertadores. Em coletiva de imprensa, o técnico português deu fortes declarações sobre o goleiro Diego Alves, afirmando que o camisa 1 teria se colocado à disposição para jogar em conversa com o diretor executivo de futebol, Bruno Spindel, mesmo estando lesionado.

“Como o Mister falou, o episódio está superado. Todos temos um objetivo muito claro. Em nenhum momento o Diego se colocou a disposição pra jogar”, declarou Bruno Spindel.

No entanto, na quinta-feira (19), o goleiro e o técnico Paulo Sousa tiveram uma reunião para esclarecer o mal entendido, visto que o goleiro não relatou ao executivo de futebol, Bruno Spindel, que gostaria de ser relacionado. Desta forma, o treinador português usou a coletiva deste sábado (21) para relatar que a pauta já foi tratada internamente.

“Diego Alves sempre foi tratado com respeito, principalmente por essa gestão. Quando chegamos, ele estava há quase três meses afastado. Se teria um dia aqui no ano que a gente não precisaria desse imbróglio foi justamente nesse, após uma vitória na Libertadores. O principal ponto é fazer tudo com tranquilidade. O ruído teve e está sendo bem explicado. O que aconteceu foi de fato uma falta de comunicação. Estamos aqui para deixar claro que os objetivos de todos são os mesmos, que é ter um final de ano melhor do que foi o início.”, disse Marcos Braz.

A partir de agora, o técnico Paulo Sousa inicia a preparação para o duelo desta terça-feira (24), contra o Sporting Cristal (PER), pela última rodada da Libertadores. A partida será realizada no Maracanã, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Publicidade