Palmeiras supera o Flamengo nas redes sociais após 19 meses consecutivos na liderança
Palmeiras supera o Flamengo nas redes sociais após 19 meses consecutivos na liderança
Publicidade

‘Trenzinho’ dos jogadores do Flamengo no Allianz Parque, contra o Palmeiras – Foto: Divulgação

ESPN: O título da Conmebol Libertadores impulsiona o Palmeiras também fora de campo às vésperas de estrear no Mundial de Clubes. Nas redes sociais, a torcida alviverde – e até dos rivais – fez com que o clube superasse um longo domínio do Flamengo.

Publicidade

Segundo números do portal “Deportes & Finanzas”, o Palmeiras foi o líder dos rankings de interação no Twitter e no Facebook em janeiro de 2021. Somadas as duas redes sociais, a equipe alviverde ultrapassou a marca de 14 milhões no período.

O número encerra, assim, uma longa sequência de 19 meses consecutivos de liderança do Flamengo no Twitter no número de interações. A equipe carioca liderava o ranking elaborado pelo portal de maneira consecutiva desde junho de 2019 entre clubes da América.

Considerando os últimos 42 meses, desde julho de 2017, o Flamengo só não foi líder em dois deles, dezembro de 2018 e maio de 2019. E agora em janeiro de 2021.

O time paulista foi, obviamente, impulsionado pela classificação à final e, consequentemente, pelo título da Libertadores, conquistado no último dia 30, em cima do Santos, no Maracanã. O rival da decisão ficou na terceira colocação em interações no Twitter, com 2,5 milhões.

A liderança do Palmeiras nessa plataforma contou com 3,7 milhões de interações, enquanto o Flamengo teve 3,4 milhões – Internacional e River Plate completam o top 5.

Felipe Melo abusa de carinho com taça da Libertadores e coloca para dormir ao seu ladoJogador do Palmeiras é um dos capitães da equipe e mostrou o troféu em sua casa | @felipemelo A tendência é que o Palmeiras se mantenha ao menos entre os primeiros colocados em fevereiro, uma vez que inicia no próximo domingo (7) a busca pelo título do Mundial, e, no dia 28, realiza a partida de ida da final da Copa do Brasil, contra o Grêmio.

Publicidade