O que o Flamengo pode esperar para a volta de Rodinei?
O que o Flamengo pode esperar para a volta de Rodinei?
Publicidade

A alegria é a mesma, mas o futebol…

O Flamengo espera por um Rodinei diferente na próxima semana no Ninho do Urubu. Emprestado ao Internacional, o lateral-direito retorna ao clube com avaliação positiva e status de reforço para Rogério Ceni em um momento providencial, em que Isla ficará cerca de 40 dias à disposição da seleção chilena.

Publicidade

O contrato do jogador com o Internacional termina na próxima segunda-feira, mas a despedida aconteceu na última quarta (26), diante do Always Ready, da Bolívia. Punido com uma partida por invasão de campo na última rodada do Brasileirão passado quando estava suspenso justamente pela expulsão contra o Flamengo, Rodinei está fora do duelo com o Sport, pela primeira rodada da edição de 2021.

Rodinei em números

No Flamengo (2016-2019)

  • 154 jogos (124 como titular)
  • 12.254 minutos em campo
  • 8 gols
  • 14 assistências
  • 0,14 média de participação em gol

No Internacional (2020-2021)

  • 52 jogos (46 como titular)
  • 4.480 minutos em campo
  • 3 gols
  • 8 assistências
  • 0,21 média de participação em gol

Nos bastidores, cogitou-se até mesmo uma rescisão para que retomasse sua trajetória no Flamengo já nesta semana, mas os departamentos jurídicos acharam prudente que a suspensão fosse cumprida ainda com a camisa colorada. E tanto as estatísticas quanto as avaliações dos profissionais rubro-negros indicam como positiva a passagem por Porto Alegre.

Reserva de Rafinha nas conquistas do Brasileirão e da Libertadores de 2019, Rodinei tem contrato com o Flamengo até o fim de 2022 e foi liberado por Jorge Jesus para que tivesse mais oportunidades. Foi o que aconteceu com os três treinadores que o comandaram no Beira-Rio. Fosse Coudet, Abel Braga ou Miguel Angel Ramirez, lá estava ele na lateral do Inter.

E o rendimento ofensivo foi melhor do que nas quatro temporadas em que defendeu o Flamengo. Pelo Colorado, Rodinei marcou três gols e deu oito assistências, uma média de 0,21 de participação em gol por jogo contra 0,14 vestindo vermelho e preto, onde foi às redes oito vezes e deu 14 assistências em quatro anos.

Se o objetivo no Sul era ganhar rodagem, deu certo. Rodinei jogou 52 partidas, 46 como titular, e ficou 4.480 minutos em campo. Marcado pela expulsão diante do Flamengo, quando um torcedor pagou R$ 1 milhão para que jogasse, o lateral foi muito além do folclore na passagem pelo Colorado.

Reserva de Rafinha nas conquistas do Brasileirão e da Libertadores de 2019, Rodinei tem contrato com o Flamengo até o fim de 2022 e foi liberado por Jorge Jesus para que tivesse mais oportunidades. Foi o que aconteceu com os três treinadores que o comandaram no Beira-Rio. Fosse Coudet, Abel Braga ou Miguel Angel Ramirez, lá estava ele na lateral do Inter.

E o rendimento ofensivo foi melhor do que nas quatro temporadas em que defendeu o Flamengo. Pelo Colorado, Rodinei marcou três gols e deu oito assistências, uma média de 0,21 de participação em gol por jogo contra 0,14 vestindo vermelho e preto, onde foi às redes oito vezes e deu 14 assistências em quatro anos.

Contratado a Ponte Preta em 2016 e com 154 partidas pelo Flamengo, terá a chance de retomar a trajetória e com promessa de oportunidades. Com Isla no Chile para as eliminatórias para Copa do Mundo e Copa América a partir de segunda-feira, Rodinei terá a concorrência de Matheuzinho para convencer Rogério Ceni e o torcedor de que voltou para ficar.

Retirado de: Globo Esporte

Publicidade