Maurício Souza diz que Ceni quem pediu a entrada de Rodinei
Maurício Souza diz que Ceni quem pediu a entrada de Rodinei
Publicidade

DIÁRIO DO FLA: Na entrevista coletiva, após a vitória por 1 a 0 (gol de Rodrigo Muniz) contra o Coritiba, no Couto Pereira, em Curitiba, pela Copa do Brasil, o técnico Mauricio Souza falou sobre o caso Gabigol e elogia interação com Rogério Ceni, que ficou no Rio, em recuperação a Covid-19.

Confira análise completa da vitória do Mengão no Couto Pereira:

Publicidade

Diferença do primeiro para o segundo tempo “A gente fez um belo primeiro tempo. Conseguimos a vantagem e fizemos um segundo gol que estava legal. No segundo tempo, fomos mais seletivos e controlamos mais o jogo, fomos menos intenso no ataque. Não creio que tenha sido os desfalques, porque o Flamengo mostrou que tem elenco pronto para substituir aqueles que não podem jogar”.

Saída de Matheuzinho e entrada de Rodinei “Ele estava fazendo grande jogo. Tomou um cartão no fim do primeiro tempo. O Rodinei vem treinamento muito bem. Foi um pedido do professor Rogério Ceni. Com certeza, ele queria ver um pouco do Rodinei”.

Caso Gabigol “Fomos comunicados que ele não viria. Esse caso está entregue para o departamento de futebol.

Interação com Rogério Ceni “Mantive o contato o tempo todo com o Rogério. Ele passa bem. Nos falamos por telefone praticamente o tempo todo. O professor Rogério teve bastante para ajeitar a equipe, talvez, isso tenha sido retratado pelo primeiro tempo que a gente fez. A interação foi a melhor possível. Ele passou muita tranquilidade. É uma pessoa muito presente”.

Publicidade