Marcelo Salles comanda o Flamengo com respaldo de Renato e ótimos números
Marcelo Salles comanda o Flamengo com respaldo de Renato e ótimos números
Publicidade

Antes da passagem memorável de Jorge Jesus, coube a Marcelo Salles, conhecido como “Fera”, a missão de treinar o Flamengo após a queda de Abel Braga. Os resultados foram excelentes, e, agora, de volta ao clube assim que Renato Gaúcho foi contratado, está incumbido de comandar o time alternativo que enfrentará o ABC nesta quinta-feira, pela partida “protocolar” de volta das oitavas da Copa do Brasil, onde o Rubro-Negro chega com um vantagem de 6-0.

Marcelo Salles fará a sua reestreia à beira do campo. Ele foi desligado pela atual diretoria do clube em meio a cortes feitos durante a pandemia, em maio de 2020. Agora, a pedido de Renato Gaúcho, volta ao Flamengo para ser auxiliar permanente da equipe profissional. E a missão é manter a toada de onde parou.

Publicidade

Isso porque, na transição entre Abel Braga e Jorge Jesus, “Fera” ficou à frente do Flamengo em quatro jogos. Não perdeu e nem sequer sofreu gols. Foram três vitórias (2×0 contra o Fortaleza e CSA e 1×0 diante do Corinthians) e um empate (com o Fluminense), todos pelo Brasileiro de 2019, o qual pode ostentar o título de campeão, como já havia ocorrido em 2009, quando era auxiliar de Andrade.

O aproveitamento dele em 2019 foi de 82%. Já com Jesus no Flamengo, Marcelo Salles foi escanteado, sem a necessidade de ida ao Ninho, mas não demitido. O clube optou por integrá-lo numa turma da CBF que qualifica treinadores, e o “Fera” intensificou cursos presenciais e online, no Brasil e no exterior.

Antes de findar a última passagem, Salles ainda atuou como coordenador da base nos primeiros meses de 2020. Agora, com o respaldo da nova comissão técnica, que o auxiliará por telefone, como Renato já externou, tem a chance de dar um novo passo importante no clube e manter a sua invencibilidade.

O jogo entre Flamengo e ABC será realizado às 21h30 desta quinta-feira, na Arena das Dunas. Há 11 jogadores do time sub-20 relacionados, e Marcelo Salles tem a faca e o queijo na mão para dar rodagem a peças importantes e aumentar o leque de Portaluppi visando ao restante da temporada.

Retirado de: Lance

Publicidade