Luxemburgo diz que Vasco precisa esquecer de ganhar do Flamengo: “Estes jogos você descarta, é outro patamar”
Luxemburgo diz que Vasco precisa esquecer de ganhar do Flamengo: “Estes jogos você descarta, é outro patamar”
Publicidade

Foto: Divulgação

GLOBO ESPORTE: Vanderlei Luxemburgo foi direto após a derrota do Vasco por 2 a 0 na noite desta quinta-feira, no Maracanã: “Claro que você quer ganhar pela rivalidade, mas o Flamengo está brigando por outro patamar”.

Publicidade

O técnico bateu na tecla da diferença de qualidade dos elencos e disse que o Vasco não pode tropeçar é na próxima rodada, quando enfrenta o Fortaleza. O duelo será apenas na próxima quarta-feira, às 19h15, no Castelão. O time cearense tem apenas um ponto a mais que o clube carioca no Brasileiro.

– Foram dois tempos distintos, fomos muito mal no primeiro e melhores no segundo. Mas jogamos contra uma grande equipe, o Flamengo, que é segundo colocado da competição, com jogadores de alto nível e com equipe muito boa. Melhoramos no segundo tempo e levamos o segundo gol quando estávamos equilibrando o jogo. Fortaleza é confronto direto, temos que nos preparar muito. Jogo do Flamengo você descarta, claro que você quer ganhar pela rivalidade, por tudo que envolve um clássico Flamengo e Vasco, mas o Flamengo está brigando por outro patamar. Temos o jogo com o Fortaleza em casa, próprio Inter em casa. Faltam quatro jogos, o Fortaleza ganhou, o Bahia ficou parado e ainda tem o Sport que vai jogar sexta – disse Luxemburgo.

O Vasco caiu para o 15º lugar, com 37 pontos. O time está dois pontos à frente apenas do Sport, que encabeça a zona do rebaixamento e entra em campo nesta sexta-feira para enfrentar o Botafogo, às 20h, no Rio. Se o time pernambucano vencer, passa o Vasco. O Bahia, atual 16º, tem 36 pontos e entraria no Z-4 caso o Sport vença.

Nesta noite de quinta, o time foi muito pressionado pelo Flamengo durante todo o primeiro tempo e foi para o intervalo perdendo por 1 a 0, gol de pênalti de Gabigol no fim. No vestiário, Luxemburgo fez logo três alterações. Numa dela tirou Benitez e colocou Juninho.

– Juninho emagreceu, tem treinado bem, mereceu oportunidade. Botei no intervalo do jogo, teve atuação muito boa. Jogou por fora e conseguiu limpar as jogadas. Talentoso, tem muita qualidade, mas estava acima do peso. Precisava dar uma enxugada. Vi que Benítez não conseguia fluir, Flamengo marcando muito forte, era um jogo que necessitava de velocidade. Procurei abdicar da qualidade dele e botar velocidade. Ele não estava conseguindo jogar tecnicamente. Temos que prepará-lo para esses quatro jogos. A substituição valeu a pena porque tivemos crescimento no segundo tempo. A equipe do Vasco foi uma no primeiro tempo e totalmente diferente no segundo tempo – encerrou.

Publicidade