João Guilherme vê mudança de comportamento do Flamengo com Renato Gaúcho
João Guilherme vê mudança de comportamento do Flamengo com Renato Gaúcho
Publicidade

DIÁRIO DO FLA: Há uma semana, o Flamengo apresentava o técnico Renato Gaúcho, e nos dois jogos que fez desde então, o Rubro-Negro venceu, sem levar gols. O Mais Querido bateu o Defensa Y Justicia fora de casa, na Libertadores, fora de casa, por 1 a 0, e goleou o Bahia, em Pituaçu, por 5 a 0. No programa ‘Linha de Passe’, da ESPN, desta segunda-feira, o narrador João Guilherme comentou o ‘efeito Renato’ no elenco.

“Uma das coisas que mais chamou a atenção foi a recuperação de jogadores que estavam em baixa e eram muito criticados. Contra o Defensa Y Justicia, o Michael foi decisivo junto com Diego Alves. E ontem, o Flamengo fez uma partida como há muito tempo não fazia, foi intenso e dominante o jogo inteiro. O Rubro-Negro não deixou o Bahia jogar. Não se via isso desde a época de Jorge Jesus”, disse João Guilherme, antes de emendar:

Publicidade

“Gustavo Henrique e Léo Pereira eram muito criticados e já falharam muito com a camisa do Flamengo. Mas nos últimos dois jogos, curiosamente sob o comando do Renato, os zagueiros fizeram partidas muito boas, sólidas. O técnico chegou, conversou e fez com que eles mudassem de postura. Outro que melhorou de rendimento e fez um grande jogo ontem foi o Isla. Houve uma mudança de comportamento. Muita coisa mudou em pouco tempo”, completou o narrador.

Com a goleada sobre o Bahia, o Flamengo subiu para a sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos e dois jogos a menos, contra Grêmio e Athletico Paranaense. Nesta quarta, o Mais Querido recebe o Defensa pelo jogo de volta das oitavas de final da Libertadores da América, no Mané Garrincha, em Brasília, com presença de público. Um empate classifica o Rubro-Negro para a próxima fase.

Publicidade