Imprensa equatoriana acusa Flamengo de soberba por não querer fazer reconhecimento do gramado
Imprensa equatoriana acusa Flamengo de soberba por não querer fazer reconhecimento do gramado
Publicidade

COLUNA DO FLA: O Flamengo chegou em Quito, no Equador, no último domingo (02), para iniciar a preparação para o confronto contra a LDU, pela Libertadores. Na segunda (03), o Rubro-Negro realizou seu último treinamento no Estádio Olímpico Atahualpa. Cabe destacar que este não é o ‘palco’ do duelo. Com embate marcado para acontecer no ‘Casa Blanca’, o Fla não fez o tradicional reconhecimento do gramado.

De acordo com Diego Castro, dirigente da LDU, em entrevista à Arena Esportes, o Flamengo não pediu ‘reconhecimento judicial’ do gramado do Estádio Casablanca, onde acontece a partida desta noite. O equatoriano afirmou que a comissão técnica rubro-negra não julgou necessário a ida ao local antes do jogo, após o pedido feito pelos jogadores.

Publicidade

Foto: Reprodução

A situação gerou um desconforto na imprensa do Equador. Isso porque, segundo o portal ‘El Futbolero’, a atitude do Flamengo é tratada como um certo ato de ‘soberba’. Assinada por Javier Soledispa, a matéria traz o título: “Flamengo ‘fez de menos’ a LDU e está confiante de ganhar no Casa Blanca”.

Após polêmicas extracampo, a bola rola às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Casablanca. Flamengo e LDU se enfrentam pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. Atualmente, o Rubro-Negro está invicto e é o líder do Grupo G com seis pontos, enquanto isso, a equipe equatoriana está na segunda colocação com quatro na pontuação.

Publicidade