Gerson não será desfalque contra o Vasco
Gerson não será desfalque contra o Vasco
Publicidade

Gerson em Sport x Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

EXTRA GLOBO: Diogo Dantas

Publicidade

Rogério Ceni não deve ter problemas para escalar Gerson amanhã, contra o Vasco. O jogador, substituído no segundo tempo diante do Sport por causa de dores no tornozelo, se apresentou nesta terça-feira sem nada sentir e poderá outra vez conduzir o meio-campo rubro-negro.

A subida de produção nesta reta final e a queda de desempenho por conta da sua ausência fazem de Gerson o motor propulsor da arrancada do Flamengo pelo título brasileiro, com cinco partidas pela frente. É hora do

Dos 33 jogos do Flamengo no campeonato, Gerson disputou 29. Ao lado de Willian Arão, é quem mais entrou em campo pelo time na competição. Quando ficou fora foi por suspensão ou poupado. O camisa oito é quem mais vezes foi titular na equipe, em 28 jogos.

As boas tramas e passes nas partidas contra Grêmio e Sport, principalmente, lembraram de como ter o meia em sua melhor forma física é essencial para acelerar as jogadas de ataque, sem deixar a defesa desguarnecida. Tanto que Gerson é o segundo que mais desarma no time, atrás de Filipe Luís. E o terceiro em passes certos, depois do lateral e de Willian Arão.

Contra o Sport, o Flamengo fez mais de um gol e não levou nenhum, assim como já havia acontecido diante do Palmeiras, em outra boa atuação do Rubro-Negro e de Gerson. O mapa de calor do meia demonstra suas ações entre as duas intermediárias. Ele está em todos os lugares do campo, para ditar o ritmo da equipe e começar as jogadas após roubada de bola atrás. Assim como ajudou a conduzir o Flamengo aos títulos em 2019.

Gerson em relação ao time do Flamengo no Brasileirão 1º Atleta que mais vezes foi titular no elenco (28) 1º Que mais jogou (2359 minutos) 1º Em duelos vencidos (248) 1º Em dribles bem sucedidos (80) 2º Com mais partidas na temporada 2020 (52) – Perde para o Arão 2º Com mais minutos jogados na temporada 2020 (4090) – Perde para o Arão 2º Em recuperação de bola (45) – Perde para o Filipe Luis 3º Em assistências (3) – Bruno Henrique e Everton na frente

Publicidade