Gabigol revela que sente “muita saudade” de Jorge Jesus no Flamengo
Gabigol revela que sente “muita saudade” de Jorge Jesus no Flamengo
Publicidade

Em entrevista exibida neste domingo (30), no Esporte Espetacular, da TV Globo, Gabigol e Bruno Henrique falaram sobre a parceria no ataque do Flamengo durante os últimos anos. A dupla soma 143 gols com a camisa rubro-negra e vários títulos conquistados desde 2019.

— A gente tem uma relação muito boa, sempre que pode a gente consegue se encontrar. Temos que ter essa união, não só dentro de campo, mas fora também. As coisas não dão certo à toa, eu e Gabi sempre que dá estamos juntos, é festa, aniversário, jantar, afirmou Bruno Henrique.

Publicidade

Com a chegada de Jorge Jesus, a dupla só cresceu e foi destaque no Flamengo nas conquistas dos títulos do Campeonato Brasileiro e da Libertadores América, ambos em 2019. O treinador português é lembrado pelos jogadores com muito carinho.

— Como ‘filho’ (de Jorge Jesus), eu era o que mais tinha carinho, mas era também o que mais apanhava. Então, a gente sempre brincava, e eu sentia que quando ele chegou, a gente conhece muitas pessoas europeias, e ele era muito frio, ele não gostava de dar abraço, de conversar muito sobre outras coisas, e eu sentia que ele precisava conviver com a gente, não só como treinador, mas também como pessoa, como ser humano. Ele realmente é uma pessoa amável e a gente sente muita saudade dele, admitiu Gabigol.

— Ele (Jorge Jesus) tinha um dado curioso, quantas bolas a gente tocava um para o outro. Todo jogo ele vinha: “Você tocou três bolas para o Bruno, você tocou cinco para o Gabriel…”. Ele foi fazendo a gente querer jogar mais juntos. Foi assim que deu certo, completou ele.

Jorge Jesus deixou o Flamengo na temporada passada para assumir o Benfica, de Portugal. Porém, o técnico não teve teve sucesso com o novo clube e vive em meio à rumores sobre sua possível saída.

Retirado de: Torcedores

Publicidade