Gabigol retorna ao Flamengo em situação completamente diferente
Gabigol retorna ao Flamengo em situação completamente diferente
Publicidade

GLOBO ESPORTE: Por Fred Huber

Após 46 dias de seu último jogo com a camisa do Flamengo, Gabigol se reapresenta nesta segunda-feira no Ninho do Urubu e vai encontrar muitas diferenças. A principal, a saída de Rogério Ceni e chegada de Renato Gaúcho, mas o atacante também vai encarar um ambiente mais pesado para ele.

Publicidade

Neste período ausente, a relação com o vice de futebol Marcos Braz e com o diretor Bruno Spindel sofreu abalos e decepções de lado a lado. O momento da “DR” vai chegar. Domingo, ele não enfrentou a Chapecoense porque foi suspenso pelo clube, e ainda há no roteiro uma promessa de multa.

Neste contexto, a mudança de Rogério Ceni por Renato Gaúcho conta a favor de Gabigol. O técnico é conhecido pela habilidade de gerir problemas de relacionamento e, em seu início do clube, a aposta é de que vai abraçar o camisa 9.

Depois de desfalcar a equipe nos últimos 11 jogos, Gabigol tem a chance de retomar seu posto a partir de quarta-feira, quando o Flamengo enfrenta o Defensa y Justicia, na Argentina, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores.

Os 46 dias sem jogar pelo Flamengo Gabigol se apresentou na seleção brasileira no dia 31 de maio, depois de ficar ausente da partida contra o Palmeiras, com a justificativa do clube de que teve um “problema gástrico”. Disputou os jogos pelas Eliminatórias e era esperado no Paraná para o duelo do Flamengo com o Coritiba, o que não aconteceu.

A CBF indicou que o atacante tinha um edema na coxa, mas o departamento médico rubro-negro discordou do diagnóstico e pediu sua apresentação para avaliação. Gabigol não obedeceu, e o clube condenou publicamente sua atitude.

Convocado para a Copa América, o jogador permaneceu em São Paulo e seguiu a rotina de treinos com a seleção. O Brasil chegou até a final da competição, no último sábado, e perdeu para a Argentina – Gabigol atuou por 20 minutos na decisão.

Everton Ribeiro se reapresentou ao Flamengo no domingo e atuou na vitória sobre a Chapecoense, no Maracanã. O atacante, não. Ele foi avisado pelo clube que estava suspenso e que deveria ir ao Ninho do Urubu apenas nesta segunda-feira.

Publicidade