Flamengo já estuda engenharia financeira para a compra de Andreas Pereira
Flamengo já estuda engenharia financeira para a compra de Andreas Pereira
Publicidade

O GLOBO: Diogo Dantas

O encantamento da torcida e do técnico Renato Gaúcho com o futebol de Andreas Pereira ganha eco dentro da diretoria, feliz com a tacada certeira do Flamengo na reposição a Gerson, vendido.

Publicidade

O departamento de futebol e financeiro não escondem o desejo de adquirir o jogador do Manchester United de forma definitiva, mas essa engenharia financeira só será elaborada em 2022.

Andreas está emprestado até junho do ano que vem, com valor de mercado na casa dos 20 milhões de euros, cerca de R$ 128 milhões na atual cotação. É mais que Gabigol, Arrascaeta e Pedro custaram.

A previsão orçamentária para contratações deve ser confeccionada a partir do mês de novembro. Este ano o Flamengo já gastou com aquisições cerca de R$ 180 milhões, levando em conta reforços que chegaram nos últimos anos e atletas comprados antes, mas com valores parcelados.

No caso de Andreas, o Flamengo precisará concorrer com outros interessados quando o empréstimo chegar ao fim. O atleta não tem em contrato uma opção de compra com valor fixado, que deixe o clube carioca confortável.

A valorização no Brasil pode atrair olhares de concorrentes europeus. Vale lembrar que o jogador de 25 anos estava emprestado a Lazio da Itália na última temporada. O vínculo com o Manchester vai até junho de 2023. E uma das opções do Flamengo é ampliar o empréstimo.

Outra solução é vender jovens jogadores, como fez em 2021. Para atingir a meta do orçamento, o Flamengo negociou também Gerson, que rendeu 20 milhões de euros (R$126 milhões, na época). No total, o clube superou em R$ 100 milhões o valor estipulado, de R$ 168 milhões.

O técnico Renato Gaúcho elogiou Andreas. São 11 jogos até aqui, com três gols e uma assistência.

– Ele veio da Europa, é uma outra escola, um outro estilo, mas o próprio jogador se ajuda quando tem essa qualidade. Nasce com o dom e depois aperfeiçoa. Ele é diferenciado na parte tática e para bater na bola. Quem ganha com isso é o Flamengo, que fez uma grande contratação – , disse.

Publicidade