Flamengo espera transformar a FlaTV+ em uma “Netflix”
Flamengo espera transformar a FlaTV+ em uma “Netflix”
Publicidade

COLUNA DO FLA: O Flamengo passou por uma grande reestruturação ao longo dos últimos anos, e os dirigentes pretendem continuar evoluindo o clube ainda mais. Não à toa, o projeto atual é de transformar a FlaTV, já conhecida pelos torcedores no Youtube, em uma plataforma de streaming, como a Netflix, onde terá eventos, entrevistas, convidados e programas exclusivos. Vice-Presidente de Comunicação e Marketing, Gustavo Oliveira trouxe detalhes sobre o assunto.

O Rubro-Negro é o clube que mais arrecada no país, mesmo não podendo levar torcida aos estádios. Porém, o Flamengo continua à procura de novas receitas, e a FlaTV+ é uma forma de ter dinheiro entrando nos cofres sem maiores preocupações. Em entrevista ao podcast do ‘Máquina do Esporte‘, Gustavo Oliveira destrinchou todo o projeto, revelando ainda quando será lançado.

Publicidade

— Temos um desafio que é espetacular que é a FlaTV+. Nós estamos fechando agora os detalhes, nós devemos lançar em no máximo um mês, uns 15 dias talvez consiga lançar a FlaTV+, que é a nossa TV por assinatura. Nós lançamos no Campeonato Carioca, mas qual é a FlaTV+? Qual era o raciocínio? O Campeonato Carioca foi um tiro que apareceu a oportunidade, e a gente usou a FlaTV+, mas não era este o conceito -, disse, antes de prosseguir:

— O conceito da FlaTV+ é uma coisa perene, é uma assinatura, é uma Netflix do Flamengo. Nós vamos lançar agora com o preço bastante razoável para a nossa torcida, com vantagens para o nosso sócio-torcedor, que vai poder degustar da FlaTV+ por um período maior e depois vai precisar pagar muito pouco pela FlaTV+ e etc… É um projeto que pode ser uma verba recorrente muito significativa. A FlaTV+ vai fazer o que? Vai cobrir tudo sobre o Flamengo. Vai continuar existindo a FlaTV normal, só que a FlaTV+ vai ter mais do que na FlaTV normal -, ponderou. Ele ainda concluiu:

— É um projeto grande, grandioso. Para ter uma ideia, nós temos pouco mais de seis milhões de pessoas na FlaTV aberta, de graça, se você considera 3% deste público pagando, sei lá, 10 reais, 15 reais, ainda vamos ver o preço, 3% será 180 mil pessoas, se cada pagar 15 reais, nós temos três milhões por mês, maior do que o patrocínio master, se pegarmos 3% dessa base. Então, é uma receita recorrente importante -, finalizou.

Com o projeto prestes a ser lançado, o Flamengo se apoia à força da Nação para continuar evoluindo e atingindo receitas ainda maiores. Sendo assim, o Rubro-Negro poderá montar elenco ainda mais fortes, no intuito de manter uma certa hegemonia nacional, brigando por títulos e os conquistando com frequência, como vem acontecendo desde 2019.

Publicidade