Flamengo descarta emprestar Marinho ao São Paulo
Flamengo descarta emprestar Marinho ao São Paulo
Publicidade

TORCEDORES: Por Wilson Pimentel

O São Paulo demonstrou interesse em um jogador do Flamengo: o atacante Marinho. O mercado de transações começa a se aquecer com a proximidade da abertura da janela de transferências no Brasil.

Publicidade

O Torcedores.com apurou que o Flamengo não pretende liberar Marinho em um negócio que envolveria a vinda de atletas para a Gávea. A diretoria rubro-negra, em outras palavras, só aceita uma negociação em definitivo e com uma boa compensação financeira.

Num primeiro momento, o Flamengo descarta a possibilidade de negociação de Marinho com outro clube do futebol brasileiro. Internamente, ele é considerado peça útil no elenco ao longo desta temporada.

O atacante de 31 anos entrou em campo em 18 oportunidades: três na Copa Libertadores da América, três na Série A do Campeonato Brasileiro, duas na Copa do Brasil e 10 no Campeonato Carioca. Além disso, marcou um gol e fez duas assistências.

A sua última atuação foi na última terça-feira (24), quando o Flamengo venceu por 2 a 1 o Sporting Cristal, no Maracanã, pela 6ª rodada da fase de grupos da Libertadores. Na ocasião, ficou em campo por 70 minutos e deu lugar a Bruno Henrique.

Ainda segundo apurou a reportagem, Marinho tem um salário elevado para um jogador reserva: R$ 750 mil mensais. Apesar disso, o Flamengo não pretende se desfazer dele. Seu contrato é valido até dezembro de 2023.

Entretanto, o São Paulo continua interessado em Marinho e pretende fazer nova investida nos próximos dias. Todavia, o Soberano vive momento financeiro delicado e, por isso, gostaria de envolver o argentino Emiliano Rigoni na transação. O Flamengo, porém, descartou o negócio.

Marinho pode ser vendido no futuro

Em janeiro deste ano, o Flamengo investiu R$ 7 milhões para adquirir os direitos econômicos de Marinho junto ao Santos. Contudo, o clube paulista pode reforçar as finanças com uma eventual negociação no futuro.

Isto porque, o Santos firmou uma cláusula de mais-valia no contrato. Se Marinho for negociado por valor superior ao que foi pago pelo Rubro-Negro, o Peixe terá direito a 20% do montante.

O Flamengo, por ora, não pensa em negociar Marinho. No entanto, uma oferta próxima a R$ 10 milhões será avaliada pela diretoria. Recentemente, a diretoria foi sondada por equipes da Arábia Saudita, Catar e Emirados Árabes. Porém, o clube sequer ouviu as ofertas.

Publicidade