Flamengo completa um turno sem derrotas e reencontra seu último algoz
Flamengo completa um turno sem derrotas e reencontra seu último algoz

Na ponta da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Flamengo soma bons resultados e vai se aproximando do título. Hoje (10), a equipe encara o Bahia, às 18h, no Maracanã, e tem a chance de dar o troco em seu último algoz. No dia 4 de agosto, a equipe de Jorge Jesus foi até a Fonte Nova e voltou com um revés por 3 a 0, naquela que foi a pior derrota do Fla na competição. De lá para cá, no entanto, Jesus e seus comandados somaram 16 vitórias, dois empates e consolidaram a liderança. O jogo contra os tricolores marcou a estreia de Filipe Luís e o Fla vê o desgaste mental como um adversário extra naquela tarde. Dias antes, a equipe havia arrancada a classificação (nos pênaltis) contra o Emelec (EQU), pelas oitavas da Libertadores, o que teria, de acordo com a avaliação interna, prejudicado o rendimento em Salvador.  Outros fatores à parte, os baianos são alvos de elogios por parte dos rubro-negros. Questionado sobre os adversários mais duros que encarou, o “Mister” colocou o adversário de hoje em uma seleta lista de equipes: “Há muitas equipes fortes. O Santos é taticamente muito forte. O Corinthians, defensivamente, também. Várias equipes me impressionaram, como o Bahia”. Além de devolver o resultado do turno, o Flamengo encara a partida como decisiva em seu planejamento de embarcar para a decisão continental com a situação mais folgada possível em âmbito nacional. Antes de encarar o River Plate (ARG), dia 23, em Lima (PER), os rubro-negros ainda pegam Vasco e Grêmio. “O tempo vai ficando mais curto e é normal que a ansiedade vá subindo. Estamos chegando perto do fim e queremos chegar na última jornada campeões. Isso mexe com a torcida, com os jogadores, com o treinador, mas temos experiência”, completou o português. O treinador não terá a chance de vencer os tricolores em campo. Suspenso pelo terceiro amarelo, ele está fora do jogo e a equipe será comandada pelo auxiliar João de Deus. Sem Rafinha, fora pela mesma razão, Rodinei deverá ocupar a vaga entre os titulares.