Flamengo apresenta futebol que todo mundo esperava
Flamengo apresenta futebol que todo mundo esperava
Publicidade

ESPN: Carlos Sartori

O Flamengo se recuperou da derrota para o Athletico na última rodada e atropelou o Grêmio por 4 a 2 de virada, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (28), em jogo adiado da 23ª rodada.

Publicidade

Com um bom futebol só no segundo tempo, o atual campeão assumiu a vice-liderança, empatado em pontos com o São Paulo (58), uma vitória a mais (17 a 26) e segue forte na luta pelo título do Campeonato Brasileiro 2020.

O tricolor gaúcho não era derrotado em casa há 12 rodadas. Vitória emblemática para o time rubro-negro. Foi o oitavo jogo sem perder para o Grêmio de Renato Gaúcho: seis vitórias, dois empates, 17 gols feitos e cinco gols sofridos.

O time gaúcho não levava quatro gols na Arena desde 2019, quando foi derrotado pelo Fluminense por 5 a 4. Com a goleada sobre o “freguês”, o Flamengo mostrou ser o melhor visitante do campeonato com 62,5% em 32 rodadas.

Gabigol, em noite inspirada, comandou a vitória do time rubro-negro com um gol e duas assistências. Everton Ribeiro, Arrascaeta e Isla completaram a goleada.

O camisa 9, não é o mesmo jogador de 2019, mas foi o combustível do time carioca.

Artilheiro e garçom do time, o atacante chegou aos 22 gols e 12 assistências na temporada em 37 jogos, 34 deles como titular.

Gabigol tem sido o carrasco contra o Grêmio: em cinco jogos, cinco gols e duas assistências. O atacante marcou nos últimos quatro jogos.

Com os quatro gols, o Flamengo tem agora o melhor ataque da competição com 57 bolas nas redes. O Atlético-MG está em segundo com 56 e o Inter é o terceiro com 55.

O defeito desse Flamengo é tomar gols e Diego Souza fez dois para o tricolor gaúcho: um de cabeça e outro de falta.

O atacante tricolor é o maior artilheiro da temporada com 26 bolas nas redes.

O Flamengo é o time mais vazado entre os nove primeiros colocados do campeonato com 43 gols sofridos.

E tem o pior saldo de gols (14) entre os clubes do G-4: Inter (25), São Paulo (18) e Atlético-MG (15).

A vitória sobre o Grêmio colocou o Flamengo a quatro pontos do líder (62 a 58). O Inter soma um triunfo a mais (18 a 17).

O time comandado por Rogério Ceni não depende apenas de si para ser campeão, mas terá um confronto direto com o colorado na penúltima rodada (37ª) para tentar tirar pontos do rival.

O problema é que o Inter, de Abel Braga, não perde e conquistou oito vitórias seguidas. E de quebra, tem a melhor campanha do segundo turno com 27 pontos em 13 jogos.

Na próxima rodada (33ª), o líder enfrentará o perigoso Red Bull Bragantino, domingo (31), no Beira-Rio.

O time do artilheiro Claudinho faz a segunda melhor campanha no segundo turno ao lado do Galo com 25 pontos. Só fica atrás do colorado.

O vice-líder Flamengo visitará o Sport, segunda-feira (1° de fevereiro), na Ilha do Retiro.

O São Paulo, terceiro colocado, também jogará fora de casa contra o Atlético-GO, domingo.

E o Galo, de Sampaoli, na quarta posição, receberá o Fortaleza, domingo.

Todos os vinte clubes completaram os 32 jogos possíveis. Agora faltam apenas seis rodadas para o final do campeonato.

Serão 18 pontos em jogo. Quem errar menos levará o título do Brasileirão!

Se o rubro-negro atuar nos próximos duelos como jogou no segundo tempo contra o Grêmio, sem dúvida nenhuma, poderá levantar a taça!

O Flamengo voltou a ser Flamengo. Será?

Publicidade