Estaria Jorge Jesus arrependido?
Estaria Jorge Jesus arrependido?
Publicidade

Foto: Divulgação

BLOG DO JULIO GOMES: O Benfica em 2020: jogou fora a liderança na volta da pandemia e perdeu o campeonato para o Porto; desesperado, contratou Jorge Jesus; pela primeira vez na década, deixou de ser um dos principais vendedores de jogadores na Europa para ser um dos principais compradores; foi eliminado na fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa pelo minúsculo PAOK, da Grécia.

Publicidade

O Benfica em 2021: seis jogos pelo Campeonato Português, apenas uma vitória (sobre o Tondela), quatro empates e uma derrota (para o líder Sporting); eliminação na semifinal da Taça da Liga pelo Braga.

O último tropeço veio nesta sexta, 0 a 0 com o Vitória de Guimarães, na Luz. Pedrinho, aos 48min do segundo tempo, perdeu a melhor chance do jogo para os encarnados, chutando por cima uma bola limpa, dentro da pequena área. Mas o Vitória ainda teve uma aos 50min, o buraco benfiquista poderia ser maior.

Com 34 pontos, o Benfica está em quarto lugar no campeonato, a 11 pontos do Sporting, que venceu o Marítimo por 2 a 0. Ou seja, vexame na Champions, eliminação na Taça da Liga e campanha medíocre no Português. Só sobrou a Taça de Portugal (está na semifinal contra o Estoril).

E pensar que Jorge Jesus voltava ao Benfica para um grandioso projeto, com o intuito de dominar os campeonatos domésticos e fazer uma bela campanha na Champions, chegando pelo menos às quartas de final. Pois é, não deu muito certo.

Se o Flamengo ficar sem título brasileiro, haverá vozes (muitas) pedindo a volta de Jesus. Podem estar certos que ele estará prontinho para voltar.

Publicidade