Dirigentes do Flamengo deixam a França sem acordo por Thiago Mendes
Dirigentes do Flamengo deixam a França sem acordo por Thiago Mendes
Publicidade

COLUNA DO VENÊ: O vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, embarcou rumo à Europa, acompanhado do diretor executivo do clube, Bruno Spindel, com o objetivo de trazer reforços para o técnico Renato Gaúcho. Apesar disso, os dirigentes já deixaram a França, onde tentavam negociar a contratação de Thiago Mendes. O Lyon, time do atleta, por sua vez, não aceitou as condições propostas pelo Mais Querido.

De acordo com informações divulgadas inicialmente pelo jornalista Venê Casagrande, o volante já foi comunicado que será relacionado para o próximo jogo do Lyon, no sábado (07), contra o Brest. Thiago, vale destacar, havia demonstrado interesse em voltar ao futebol brasileiro e, assim como sua esposa e filhos, aguardava por um desfecho feliz com o Flamengo.

Publicidade

O Flamengo tentava negociar a contratação de Thiago Mendes com o Lyon por empréstimo. No entanto, o clube francês desejava uma cláusula de obrigação de compra para a liberar do jogador, com valor em torno de 10 milhões de euros, ou seja, cerca de R$ 61,1 milhões na cotação atual, caso o atleta alcançasse as metas pré-estabelecidas em contrato com o Fla.

Aos 29 anos, Thiago Mendes já havia deixado claro o seu desejo de acertar com o Flamengo e retornar ao Brasil. Com as exigências do Lyon, entretanto, a negociação tende a esfriar. Vale ressaltar que, além do volante, o Mais Querido também tenta, paralelamente, a contratação de Kenedy junto ao Chelsea.

Publicidade