Diego destaca coragem de Ceni por escalá lo na função de Gerson: “São ações que mudam a direção de um time”
Diego destaca coragem de Ceni por escalá lo na função de Gerson: “São ações que mudam a direção de um time”
Publicidade

Diego vibrando pelo Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

UOL: O meio-campista Diego Ribas, do Flamengo, foi um dos destaques do time na reta final do Campeonato Brasileiro. Recuado para a posição de primeiro volante, o jogador assumiu a titularidade da equipe rubro-negra e foi fundamental para a conquista do bicampeonato nacional.

Publicidade

Diego contou que teve uma conversa com Ceni antes da mudança, que ele classificou como ‘drástica’. O meio-campista afirmou que a decisão foi tomada após boas atuações em jogos seguidos em que ele substituiu Gerson no meio-campo, contra Ceará e Goiás.

“Dei parabéns ao Rogério por ter coragem para tomar uma decisão drástica em um momento delicado na temporada, mudando o time taticamente e a escalação. Depois que eu entrei no lugar do Gerson no jogo contra o Goiás e fui muito bem, ele tomou essa decisão e eu agradeço. Arão, Rodrigo Caio, Gerson foram jogadores que me ajudaram a entender a posição. São ações que mudam a direção de um time dentro da competição e eu fico feliz de ter participado disso”, declarou Diego Ribas em entrevista ao Bem, Amigos!, do SporTV, hoje.

Inspiração em Pirlo Na nova função, Diego citou Andrea Pirlo, atual treinador da Juventus, como sua inspiração. Assim como o meio-campista do Flamengo, Pirlo foi recuado durante sua carreira e foi muito bem sucedido jogando como volante.

“Quando eu estava na Itália, em um encontro casual com o Seedorf, ele me disse que achava que eu estava jogando na posição errada, que ele achava que eu tinha que recuar, jogar mais como o Pirlo. Eu guardei aquilo e sempre pensei nessa possibilidade. O Pirlo é uma inspiração para essa mudança”, completou.

Publicidade