Compra de Gabigol está prevista no orçamento do Flamengo! Veja somente o que falta pra fechar!
Compra de Gabigol está prevista no orçamento do Flamengo! Veja somente o que falta pra fechar!

Foi calculada a declaração do vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, ao dizer que o Flamengo deixou encaminhada a negociação da contração com a Inter de Milão de Gabigol. A diretoria do clube considera como já acertada uma transferência com o time italiano: o valor gira entre 15 milhões de euros e 20 milhões de euros (R$ 67 milhões e R$ 89 milhões). Esse montante está previsto na preparação do orçamento do clube para 2020.

Ao final do Flamengo x Corinthians, Braz afirmou: “Ele (Gabriel) tem que decidir a vida dele, se quer estar aqui em 2020. A situação está com ele. Com a Inter, está tudo muito bem encaminhado, equacionado. Agora a decisão é dele.”

Desde a negociação com Balotelli, o Flamengo já iniciara em paralelo a transação para manter Gabriel Barbosa no clube. O maior empecilho era a a possibilidade de propostas de times europeus. A Inter tentou oferecer o jogador para times europeus no meio do ano. Seu objetivo era arrecadar algo entre 25 milhões e 30 milhões de euros com o centroavante até para usar o dinheiro para reforçar.

Não houve proposta neste valor na janela anterior, embora, sim, tenha havido interesse no atleta por equipes europeias que sinalizaram com propostas competitivas com a do Flamengo. Mas, sem um concorrente claro, o Flamengo negociou e deixou praticamente fechada a negociação do Gabigol no patamar citado na visão de dirigentes rubro-negros.

O clube rubro-negro vai desacelerar investimentos em 2020 por ter já montado o time nesta temporada, mas o atacante é a exceção a esta regra. Seu valor está previsto com pagamento parcelado no orçamento do próximo ano com montante que se encaixa no que o clube pode custear.

Como deixou claro Braz, a questão agora é o acerto com o próprio Gabigol. Há uma dúvida no Flamengo se o jogador vai deixar uma resposta para depois da final da Libertadores. O vice-presidente de Futebol demonstrou que pretende resolver o caso o mais rápido possível. Sua declaração joga pressão sobre o jogador sobre a conclusão da negociação.

BLOG DO RODRIGO MATTOS: Com Léo Burlá