Comentaristas preveem descontentamento de Pedro no Flamengo: “Só entra se o Gabigol joga mal”
Comentaristas preveem descontentamento de Pedro no Flamengo: “Só entra se o Gabigol joga mal”
Publicidade

Gabigol e Pedro com troféu de campeão Brasileiro pelo Flamengo – Foto: Alexandre Vidal

LANCE: Muito cobrado para colocar Gabigol e Pedro juntos em campo, o técnico Rogério Ceni só utilizou a dupla simultaneamente apenas na partida contra o Internacional, pela penúltima rodada do Brasileirão 2020. Porém, alguns comentaristas parecem entender as escolhas do treinador e refletiram sobre a carreira de Pedro.

Publicidade

O jornalista Carlos Eduardo Lino, do SporTV, acredita que o centroavante comprado junto à Fiorentina (ITA) não encaixa na proposta de jogo de Ceni e entende que o jogador esteja repensando a carreira.

– Se você está com cabeça de Pedro, o que você pensa da sua carreira? ‘Eu sou uma variação, eu sou uma opção de jogo no Flamengo, eu sou um cara que vai entrar eventualmente’. Porque no esquema do Rogério ele não cabe! Porque ele tira o espaço de arranque do Bruno Henrique, do Gabigol, ele mexe com toda a lógica do time do Flamengo, que fica diferente com o Pedro em campo. Pode ficar produtivo e ser bom, mas é diferente e não é o Flamengo do Ceni – disse Lino nesta tarde no programa “Seleção SporTV”.

– Acho que o Pedro deve estar repensando a carreira e um monte de coisa na vida dele – completou.

O apresentador André Rizek e o comentarista Petkovic elogiaram o tema levantado por Lino.

– Não sei o que passa pela cabeça do Pedro, mas é uma ótima questão – disse Rizek.

– Boa pergunta. O que o Pedro vai pensar? ‘Só entro se o Gabi joga mal’ – analisou Pet.

O Flamengo contratou Pedro por empréstimo junto à Fiorentina no início de 2020 e informou ao clube italiano no final do ano passado do interesse em exercer a opção de compra do centroavante após o empréstimo, que se encerrava dia 31 de dezembro. Os valores giram em torno de 14 milhões de euros (87 milhões de reais) e o contrato do jogador vai até 2025.

Publicidade