Comentarista diz que apenas Zico é maior que Gabigol na história do Flamengo
Comentarista diz que apenas Zico é maior que Gabigol na história do Flamengo
Publicidade

Não é a primeira vez que um jogador do Flamengo assume que a intenção do elenco estrelado é criar uma hegemonia. Segundo o jornalista Eric Faria, a geração de 2019 está perto de estar no mesmo patamar da geração de 1981. Neste domingo, o comentarista Renato Maurício Prado avaliou o desempenho rubro-negro, e disse: “Acima de Gabigol, apenas Zico”.

O Flamengo sagrou-se tricampeão do Campeonato Carioca, neste sábado. O Rubro-Negro bateu o Fluminense por 4 a 2 no agregado e levou o caneco. Após mais um título, o jornalista, em seu blog no Uol, disse que o atacante camisa 9, que marcou dois gols na partida de volta, na vitória por 3 a 1, já está entre os maiores da história da equipe.

Publicidade

Bem, falar de Zico é desnecessário e redundante. Ele foi o maior jogador rubro-negro de todos os tempos e será, para sempre, o maior ídolo da maior torcida do Brasil. Depois dele, o sarrafo ficou altíssimo – comentou ele, que seguiu:

E quem foram os principais craques do Flamengo, após a era de ouro dos anos 80, quando foram conquistados quatro brasileiros (80, 82, 83 e 87), uma Libertadores (81), um Mundial (81), além de um sem número de Estaduais? Só me vem à cabeça dois nomes: Petkovic e Adriano.

Renato acredita que o elenco de Diego, Gerson, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol seja um dos maiores que os torcedores da equipe da Gávea já presenciaram. Afinal, mesmo com títulos em 2006, 2009 e 2013, apenas a atual geração demonstra poder de manter-se no topo como na década de 1980.

— De lá para cá, quem veio? Apenas Gabriel Barbosa, o Gabigol. Que se tornou o artilheiro de mais um título brasileiro, em 2019. Que levou o Flamengo a uma nova conquista da Libertadores, em três minutos de um jogo que parecia perdido. E que conquistou mais um Brasileiro em sequência e um tricampeonato carioca, com uma atuação de gala na final – justificou.

Artilheiro do Flamengo no Brasileirão nas últimas duas temporadas, considerado Rei da América em 2019 e visto como um dos jogadores mais decisivos do futebol nacional, Gabriel Barbosa, aos 24 anos, já levou dois Campeonatos Brasileiros, uma Libertadores, vice-campeão no Mundial de Clubes, além de conquistas estaduais e continentais.

Retirado de: Lance

Publicidade