Ceni critica CBF por maratona do Flamengo e descanso a rivais
Ceni critica CBF por maratona do Flamengo e descanso a rivais
Publicidade

LANCE: Após longa conversa no vestiário com o elenco, cerca de uma hora depois da vitória do Flamengo sobre o Vasco, Rogério Ceni compareceu à sala de imprensa do Maracanã para analisar o triunfo por 2 a 0, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, que colaborou para encurtar a distância para o Internacional (líder), agora dois pontos à frente do clube carioca. Além disso, fez questionamentos a respeito do calendário.

Publicidade

Na visão de Ceni, a tabela tem dado mais tempo aos rivais diretos na briga pelo título para descansar.

– Me dá medo sempre o terceiro jogo em quatro dias, mas acho estranho outra coisa: Inter e Atlético-MG jogam na quarta (dia 10), e o Flamengo vai jogar no domingo (7). É uma pena, não entendo porque o Flamengo nunca tem esse dia a mais, sendo que a rodada só termina três dias após nosso jogo. É uma pergunta que me deixa preocupado. Esses dois dias vão ser mais para descansar e analisar como faremos para domingo. Foco, não acredito que falte, e espero que também não falte perna – comentou o técnico.

Rogério Ceni também falou sobre as possibilidades para o Octa, que agora volta a depender apenas do Rubro-Negro para ser concretizado.

– Eu vejo cada jogo da mesma maneira, às vezes não vem o resultado, como aconteceu contra Fluminense e Ceará. Trabalho da mesma forma todos os dias. Vim com o objetivo de trabalhar muito e ter a oportunidade de brigar pelo título. Hoje, o Flamengo se aproxima dessa briga. O caminho é longo, mas temos possibilidades.

Neste momento, o Flamengo está com 64 pontos, agora a dois atrás do Internacional (líder), que empatou na noite. O próximo jogo será contra o Red Bull Bragantino, neste domingo, fora de casa e pela 35ª rodada do Brasileirão.

Publicidade