CBF promoverá alteração em relação a utilização do VAR para a temporada de 2021
CBF promoverá alteração em relação a utilização do VAR para a temporada de 2021
Publicidade

Cabine do VAR no Maracanã (Foto: Marcelo Theobald)

O Brasileirão 2020 ainda está em sua reta final – atrasado por causa da pandemia do Covid-19 -, mas a CBF já prepara uma novidade importante no VAR (árbitro de vídeo) para a competição de 2021. A entidade vai concentrar num único espaço o trabalho da equipe de árbitros de vídeo no país.

Publicidade

A “Central do VAR” do Brasileirão 2021 terá sua sede no Rio de Janeiro e as equipes de arbitragem, que atualmente ficam em cabines nos estádios, passarão a atuar neste local.

Para que não haja um atraso nas decisões de campo e a possível avaliação da equipe de arbitragem de vídeo, serão instalados cabos de fibra ótica em todos os estádios que receberão as partidas da competição.

A ideia da CBF, de acordo com o “Globo Esporte“, é criar um grupo de elite com árbitros para trabalhar somente com o VAR, sem participação no campo, como vem acontecendo nos últimos dois anos.

O objetivo é minimizar os erros com os profissionais cada vez mais especializados no trabalho do VAR.

Essa novidade inclusive fez com que alguns ex-árbitros desistissem da aposentadoria como é o caso de Péricles Bassols, que deixou de ser comentarista de arbitragem no canal TNT Sports para ser um dos candidatos a fazer parte deste grupo de elite.

Sede do VAR para Brasileirão 2021

O projeto da CBF prevê a construção de uma Central de Árbitro de Vídeo ao lado da sede da entidade no Rio de Janeiro, com dez cabines de VAR, o que vai possibilitar o trabalho em até dez jogos simultâneos.

Central de Árbitro de Vídeo num prédio vizinho à CBF, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A central terá dez cabines, o que possibilita a operação de árbitro de vídeo em até dez jogos simultaneamente.

O Brasileirão 2021 será disputado entre os dias 30 de maio a 5 de dezembro.

Retirado de: Torcedores

Publicidade