Bruno Viana joga como candidato a parar rodízio na defesa do Flamengo
Bruno Viana joga como candidato a parar rodízio na defesa do Flamengo
Publicidade

EXTRA GLOBO: Diogo Dantas

Bruno Viana chegou ao Flamengo com status de titular, mas só agora o caminho parece mais claro para uma sequência e o fim do rodízio na defesa. Diante do Volta Redonda, 21h05, pela semifinal do Carioca, o zagueiro terá uma nova oportunidade na dupla de zaga com Gustavo Henrique, no provável time misto a ser escalado.

Publicidade

Sem Rodrigo Caio, ainda em recuperação, e Léo Pereira, punido por faltar a um treino e não relacionado, a única concorrência seria o próprio Gustavo Henrique, que perdeu espaço para o recém-chegado Viana, emprestado pelo Braga até o fim do ano.

Das 14 partidas da equipe, até agora Bruno atuou em dez, seis como titular. Destas, metade com o elenco completo após pré-temporada. E no que apresentou até aqui, o novato ganhou a confiança de Rogério Ceni. Mais pela tranquilidade do que por lances chamativos.

O jogador chegou a dar alguns sustos contra o Unión La Calera, mas com ele em campo o time só perdeu para o Vasco. Entrou no fim do jogo contra o Vélez, na Argentina, e foi bem. E deve ser mantido para o duelo com a LDU, na terça-feira.

Na Libertadores, Bruno Viana se destacou em duas partidas pelas interceptações e não fez nenhuma falta. No Estadual, foi um dos que acertaram mais passes e rebatidas. E tem média de uma falta por jogo apenas. Números superiores aos de Gustavo Henrique e Léo Pereira, embora os concorrentes tenham atuado menos.

Na prática, no entanto, o mais importante é o funcionamento do setor defensivo como um todo. Com o time em constante alteração, para dosar os atletas na parte física com prioridade para a Libertadores, Ceni leva mais tempo para os ajustes e a escolha ideal das peças. Mas até agora, Bruno Viana aproveitou as chances.

Ontem, o Flamengo confirmou que Léo Pereira será multado por não ter comparecido ao treino de quinta-feira e ainda aparecer em uma festa, sem máscara, na noite anterior. O jogador não será afastado pois o clube quer negociá-lo.

Publicidade