Bap vê Vasco querendo usar Flamengo para acobertar seus problemas
Bap vê Vasco querendo usar Flamengo para acobertar seus problemas
Publicidade

ESPN: Depois de jogar contra o Palmeiras, no último domingo, pela Supercopa, o Flamengo queria adiar o jogo contra o Vasco, marcado inicialmente para quarta-feira (14), para a quinta-feira. Após um pedido para a Ferj, o Rubro-Negro conseguiu que o duelo fosse transferido, algo que revoltou o rival.

Em nota oficial, o clube cruzmaltino detonou a federação, acusando a entidade de favorecer o Flamengo com a medida. Em entrevista ao jornalista Venê Casagrande, o vice-presidente de relações externas rubro-negro, Luiz Eduardo Baptista, o BAP, afirmou que entende o lado do rival, mas criticou a postura por acreditar que o Vasco queira “acobertar” seus próprios problemas.

Publicidade

“Olhando da posição do Flamengo, entendo que para o Vasco é indiferente jogar quarta ou quinta. Mas não estou dentro do Vasco, não sei o que está acontecendo. Se eu pudesse escolher no lugar do Vasco, pelas circunstâncias, prefiro enfrentar o Flamengo descansado menos um dia. Não sei os desafios do Vasco. O Flamengo respeita o Vasco, o desconforto.”

“A forma que o Vasco está exteriorizando não é bacana, o tom, o acusatório, levantando suspeitas, fica parecendo para o torcedor que querem um inimigo comum ou problema maior para acobertar problemas esportivos que eles estão vivendo. Mas essa última é minha opinião. Não estou dentro do Vasco. Mas era importante para o Flamengo essa alteração, para o Vasco, em tabela, era irrelevante”, afirmou BAP.

O cartola ainda afirmou que o Flamengo não tinha motivo para avisar o rival. Segundo ele, qualquer pedido deve ser feito para a quem comanda a competição.

“O Campeonato é da Federação. O Flamengo falou com a Ferj, que disse que ia tratar o assunto com a atenção que merecia. Dois dias depois ela voltou com a publicação do jogo na quinta, acatando o pleito do Flamengo. O processo eu não sei”, finalizou.

Publicidade