Bap nega ter tentado vetar renovação de Diego Alves com Flamengo: “Juro pela felicidade dos meus filhos”
Bap nega ter tentado vetar renovação de Diego Alves com Flamengo: “Juro pela felicidade dos meus filhos”
Publicidade

JOGADA 10: Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente de Relações Externas do Flamengo, é um dos dirigentes mais comentados da gestão do presidente Rodolfo Landim. Nesta quarta-feira, Bap, como é conhecido, falou sobre uma série de questões da atualidade rubro-negra.

Em entrevista ao jornalista Venê Casagrande, Bap negou as acusações de que tenha sido contra a renovação do goleiro Diego Alves com o clube no fim do ano.

Publicidade

“Juro pela felicidade dos meus filhos, nunca vetei jogador. (…) Não houve nenhuma voz dentro do clube que tenha dito: ‘Manda o Diego Alves embora’. Mas, felizmente ,chegamos a um acordo com ele e pra gente foi uma novela com um final super feliz”, afirmou.

O dirigente falou sobre as eleições do Flamengo, que irão acontecer no fim de 2021. Membro da chapa de Rodolfo Landim, ele afirmou que deve permanecer na diretoria do mandatário, mas abriu a possibilidade de mudar de cargo. Sobre suas aspirações, negou que tenha a vontade de ser presidente no futuro.

“É provável que eu continue na gestão do Landim. Não sei se como vice-presidente de Relações Externas, (mas) nunca tive vontade de ser presidente do Flamengo. Eu tenho aspiração que o Flamengo ganhe tudo”, cravou.

Por fim, Bap também falou sobre a situação de Rafinha, que negociou com o Flamengo mas não chegou a um acordo com o clube e acertou com o Grêmio. Segundo o dirigente, o lateral-direito escolheu deixar o clube em 2020 e que o compromisso é com a gestão.

“O Rafinha escolheu ir embora, ele tinha uma cláusula contratual. O nosso compromisso é com a nossa palavra com a gestão do Flamengo”, encerrou.

Publicidade