Arão, Bruno Henrique e Diego desfalcam o Flamengo contra o Defensa y Justicia
Arão, Bruno Henrique e Diego desfalcam o Flamengo contra o Defensa y Justicia
Publicidade

GLOBO ESPORTE: A pressa do de Renato Gaúcho em sua chegada ao Flamengo é justificada. Ele só tem mais um treino na manhã desta terça, e depois a delegação embarca para a Argentina, onde, na quarta-feira, enfrenta o Defensa y Justicia no primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. E Renato tem muitas decisões a tomar.

Ainda em recuperação de lesão, Bruno Henrique e Diego não ficam à disposição para esta partida. Arão está suspenso por causa dos dois jogos de gancho pela expulsão contra a LDU. Rodrigo Caio, que reclamou de dores após um trauma na perna direita e não enfrentou a Chape, será avaliado no treino desta terça para saber se será relacionado.

Publicidade

A boa notícia para Renato é o retorno de Gabigol, que, após a final da Copa América, foi suspenso pelo clube e não enfrentou a Chape. Como mostrou o vídeo divulgado pelo Flamengo, o atacante voltou animado após 46 dias sem jogar pela equipe. A última partida foi justamente pela Libertadores, no empate por 0 a 0 com o Vélez Sarsfield.

O retorno de João Gomes, que cumpriu suspensão contra a Chape, dá ao treinador uma opção para o meio de campo. No domingo, a equipe atuou com Arão e Thiago Maia como dupla de volantes.

Será uma estreia de peso para Renato e todas as atenções estarão voltadas para o seu trabalho.

Publicidade