Após reformulação, veja como ficou a comissão técnica de Renato Gaúcho no Flamengo
Após reformulação, veja como ficou a comissão técnica de Renato Gaúcho no Flamengo
Publicidade

TORCEDORES: Por Matheus Camargo

O Flamengo deve viver novos tempos com a chegada de Renato Gaúcho e prova disso é a reformulação na comissão técnica que o novo técnico praticou. O repórter Venê Casagrande, do jornal O Dia, publicou as mudanças feitas por Renato no departamento.

Publicidade

Maurício Souza, técnico do sub-20 do Flamengo até então, foi promovido no clube e agora é auxiliar permanente. Para ajudar Renato na condução dos trabalhos, passará a trabalhar com os profissionais. Quem também está de volta e fará parte do time de auxiliares do clube é Marcelo Salles, o Fera, que havia sido demitido duas vezes nos últimos dois anos e retorna ao Flamengo. Com ele e Maurício Souza, Renato terá ainda Alexandre Mendes como seu trio de auxiliares.

Renato também promoveu o ex-volante Fabinho, o Soldado, que vinha atuando como gerente de Inteligência e Mercado, mas agora será uma espécie de gerente de Futebol do Rubro-Negro. Renato e Fabinho se conhecem e o ex-volante deve ser um homem de confiança do treinador.

A preparação física também terá novo-velho responsável. Alexandre Sanz retorna ao cargo após ser afastado em 2019, quando Jorge Jesus chegou. Rogério Ceni tinha como comandante da preparação física Danilo Augusto, que saiu junto ao técnico.

A nova estrutura da comissão técnica do Flamengo é composta por: Técnico: Renato Gaúcho Auxiliares: Maurício Souza, Alexandre Mendes e Marcello Salles Chefe da preparação física: Alexandre Sanz Auxiliares na preparação física: Roberto Oliveira e Rafael Winicki Gerente de Transição: Carlos Noval Gerente Técnico: Juan Santos Preparadores de goleiros: Wagner Miranda e Thiago Eller Gerente de Futebol: Fabinho Soldado

Publicidade