Fla gastará quase meio milhão de reais para contar com Cuellar e Paqueta na Copa do Brasil; veja valores detalhados

290

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O Flamengo não está medindo esforços para ter Cuéllar e Paquetá no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (12), contra o Corinthians, no Maracanã, às 21h45. O Rubro-Negro vai fretar um voo para trazer os dois jogadores a tempo. O Cruzeiro também participará da “logística especial” para tentar contar com Dedé, no mesmo dia, diante do Palmeiras. O custo total será de 180 mil dólares (cerca de 730 mil reais, pela cotação atual).

O Flamengo, por ter dois jogadores na logística, vai ter um custo maior do que o Cruzeiro. O time carioca arcará com 120 mil dólares (algo em torno de 490 mil reais). A Raposa, portanto, ficará com 60 mil dólares (cerca de 240 mil reais). A reportagem entrou em contato com a diretoria rubro-negra, que não quis comentar o assunto. Os mineiros não atenderam às ligações. A empresa responsável pela logística disse que, por contrato, não pode revelar detalhes da parceria com os clubes.

O voo fretado vai sair dos Estados Unidos, local da partida do Brasil contra o El Salvador, nesta terça-feira (11), às 21h30 (de Brasília). No mesmo país, e quase no mesmo horário, a Colômbia, seleção do volante Cuéllar, encara a Argentina. Após os jogos, os atletas vão se encontrar para iniciarem a saga rumo ao Brasil. O voo vai contar com um fisioterapeuta para acelerar a recuperação dos jogadores, conforme publicado pelo O Globo.

Fla pediu adiamento da partida, mas…

Antes de elaborar a logística, o Flamengo tentou adiar a partida para o próximo dia 19, mas a CBF não atendeu ao pedido. O Corinthians, rival do Rubro-Negro, não apoiou a equipe carioca na solicitação da mudança de data.

O técnico Mauricio Barbieri, após a vitória do Flamengo sobre a Chapecoense, no último sábado (8), criticou a entidade brasileira e o calendário do futebol nacional.

– Um clube tem que fretar um avião para trazer seus jogadores por causa de um calendário mal elaborado. Considero um absurdo a CBF marcar jogos decisivos em data de convocação da Seleção -, disse o treinador.

Comentários
Carregando...