Sem jogar 90 min há 10 meses, Rômulo ganha nova chance no Fla

30

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Romulo chegou ao Flamengo literalmente nos braços da torcida. Recebido com festa no aeroporto em janeiro de 2017, o volante tinha o status de grande contratação e a responsabilidade de arrumar o meio de campo rubro-negro. Um ano e meio depois, o jogador se vê diante de uma espécie de “chance final” após ficar dez meses sem participar de uma partida inteira.

Por conta da suspensão de Cuéllar e da venda de Jonas para o Al-Ittihad, da Arabia Saudita, Romulo foi o escolhido pelo técnico Maurício Barbieri para entrar na equipe titular no retorno do Campeonato Brasileiro. Líder, o Flamengo terá pela frente o São Paulo, dia 18, no Maracanã.

Apesar de participar dos trabalhos táticos e jogos-treino no recesso da Copa do Mundo, o volante não atua por 90 minutos há mais de dez meses. A última vez foi em 30 de agosto de 2017, quando o Rubro-negro foi eliminado da Primeira Liga pelo Paraná. Até a partida contra o São Paulo serão exatamente 322 dias sem jogar uma partida inteira.

Romulo perdeu espaço por problemas físicos e atuações ruins quando teve a oportunidade de atuar. Bastante cobrado pela torcida, ele deixou a moral de grande reforço pelo caminho e se transformou em frustração. O volante não foi relacionado para diversos compromissos.

O empréstimo do jogador chegou a ser cogitado pela diretoria, mas as conversas não avançaram. Romulo tem contrato até dezembro de 2020 com o Flamengo e recebe uma chance importante quando parecia cada vez com menos espaço.

Se for bem, o volante terá a chance de reescrever a história no clube. Caso contrário, a tendência é a de que o futuro seja distante da Gávea, já que o clima com a torcida ficará insustentável. A esperança de todos no Ninho do Urubu é a de que, enfim, Romulo mostre o futebol que todos se acostumaram a ver e vire definitivamente uma opção importante no Flamengo.

Fonte: UOL

Comentários
Carregando...