- Publicidade -

- Publicidade -

Vinicius Júnior, do Fla, perdoa Felipe Melo por entrada, Bandeira não: “Era pra ter saído de camburão”

111

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O empate entre Palmeiras e Flamengo em 1 a 1, nesta quarta-feira, na Arena Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, ficou marcado por uma arbitragem polêmica. O jogo acabou com seis expulsões, três de cada lado. E Felipe Melo, que deveria ter sido expulso por entrada fortíssima em Vinicius Júnior, só levou amarelo.

- Publicidade -

Após a partida, Vinicius Júnior perdoou Felipe, a quem considera um amigo.

“Não discuti com o Felipe (Melo), é meu amigo, meu paizão. Mas ali o jogo esquentou muito, o juiz acabou não controlando, deixou rolar. Só dava falta para um lado”, disse Vinicius, ainda em campo.

“Acabou chegando um pouquinho forte, mas é do jogo… mas acho que tinha que ter expulsado…”, acrescentou o garoto na zona mista.

- Publicidade -

Já o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, não perdoou o volante revelado pelo Rubro-Negro, nem o árbitro.

“Podíamos ter ganho se não fosse a arbitragem… parece que faz parte do pacote… toda vez que a gente vem aqui, é isso… Recuperamos a tradição (de sermos prejudicados)… é ridículo o Felipe Melo não ter sido expulso, lance covarde, em cima de uma criança… Era pra ter saído de camburão”, disse Bandeira, também na zona mista.

- Publicidade -

“Como estavam sem goleiro (depois das expulsões), esqueceu dos outros três minutos de acréscimo… não dá pra ficar calmo”, finalizou o mandatário do Flamengo.

Fonte: Extra

Comentários
Carregando...