- Publicidade -

- Publicidade -

Reforço do Real, Vinícius Jr. aposta em boa relação com técnico demitido pela Espanha

92

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

 

- Publicidade -

Com as malas prontas para a Espanha, Vinícius Júnior revelou a um jornal espanhol que se sente ansioso por jogar no Real Madrid. Em entrevista o “Marca”, a promessa da Gávea ressaltou que “tinha muita vontade” de trabalhar com o ex-técnico dos merengues Zinedine Zidane, mas que vê com bons olhos a chegada do novo treinador do clube, Julen Lopetegui, demitido da seleção espanhola.

Vinícius Júnior entrou em campo pelo Flamengo pela última vez nesta quarta-feira, no empate contra o Palmeiras, antes de partir para o Real Madrid. Acabou expulso após confusão. Ao completar a maioridade no próximo mês, se incorporará ao plantel de Madrid.

“Está preparado para viajar?”, questionou o jornalista. “Não, não”, respondeu o jovem, com sorriso no rosto.

O jogador revelou na entrevista que tem recebido mensagens sobre a troca de técnicos no novo clube. A primeira impressão de Lopetegui é positiva.

- Publicidade -

“Não o conheço, mas estou recebendo mensagens e me dizem que ele gosta muito dos meninos da base”, destacou o atacante.

- Publicidade -

A relação entre o treinador e a cria do Flamengo será importante para a decisão de um eventual empréstimo do jogador. Caso o Real queria negociá-lo, o Flamengo está na fila para recebê-lo de volta após a pré-temporada. Ainda assim, os dirigentes merengues estariam preocupados em adaptar o esportista ao modelo de competição europeu e deixá-lo no futebol brasileiro seria um retrocesso neste sentido, segundo o “Marca”. A opção de voltar ao time do coração agrada o rapaz, que gostaria de se despedir com um título.

“Ter ansiedade é normal. Já tenho aqui no Flamengo, imagina indo ao Real Madrid… Sempre estamos ansiosos quando começamos uma nova etapa na nossa vida”, destacou.

Vinícius Júnior ainda revelou o papel importante de dois astros da seleção brasileira na disputa do clube merengue com outras equipes poderosas na compra da joia rubro-negra.

“Marcelo e Casemiro me chamaram, me mandaram mensagens e me ajudaram a escolher”, recordou o jogador.

Fonte: Extra

Comentários
Carregando...