Diretoria do Flamengo tentará negociar jogadores descompromissados
Diretoria do Flamengo tentará negociar jogadores descompromissados

Frente à crise vivida na temporada e à eliminação precoce na Copa do Brasil, o time terá mudanças no elenco.

Não é segredo o desejo da diretoria do Flamengo de tornar a presença dos emprestados Pedro e Thiago Maia permanente. Além de se preocupar com o valor de compra dos atletas, o clube também se encontra em um empasse com a renovação de um de seus jogadores.

Diego Alves tem contrato com o rubro-negro até o final deste ano e ainda não teve sua permanência confirmada. A situação se deve à discordância entre o Ninho do Urubu e a Gávea sobre o salário pedido pelo camisa 1. Após Braz e Spindel acordarem com os valores pedidos por Diego, o financeiro do Flamengo não concordou e barrou a negociação.

Neste cenário, o Mais Querido será obrigado a negociar alguns de seus jogadores, se quiser manter os atletas acima em seu elenco. O primeiro corte previsto é o de Lincoln. A diretoria rubro-negra já tenta voltar a negociar com o Dínamo Kiev a venda do atacante. O jogador tem sido muito criticado por suas atuações nos jogos e também por sua postura fora de campo. Outros saídas também estão cogitadas, afinal, devido ao cenário atual sabe-se que a economia do Flamengo, e de todos os outros clubes, não está em um momento muito favorável.

Ainda sem nenhuma conquista pelo clube, Rogério Ceni comandará mais uma vez o elenco do Flamengo, desta vez contra o Coritiba, neste sábado (21). O duelo ocorrerá às 19h (horário de Brasília), no Maracanã.